Categorias
Outros documentos

Carteirinha de estudante Digital: como solicitar e como usar

A nova carteirinha de estudante estará disponível online, mas não elimina por completo a carteirinha física que poderá continuar sendo utilizada sem problemas. Muito embora, a versão digital possa substituir com sucesso a versão física.

Recentemente o governo federal lançou a carteirinha estudantil digital, através dela o estudante terá acesso a todos os descontos e benefícios de estudante. E isto, sem precisar solicitar a U.N.E ou U.E.B.S e ter que pagar taxas, como era feito anteriormente. O fato desta dela ser digital torna ela muito prática, jovem e acessível aos estudantes brasileiros, já que ela será solicitada direito pela internet.

O que mudou?

As principais mudanças contam com:

  • Descentralização da emissão da carteirinha
  • Agora ela é digital, mas ainda é possível ter a carteirinha física.
  • Agora é possível ter a carteirinha sem custo de taxas.
  • Ainda é possível emitir a carteirinha pela UNE, mas com custo de taxa.
  • Criação do cadastro SEB, Sistema Educacional Brasileiro que vai contar com várias informações do aluno.
  • A carteirinha física vai ser disponibilizada gratuitamente pela CEF, em caso de alunos que não tenham acesso à internet.

Antes as carteirinhas eram emitidas somente pela U.N.E. (União Nacional dos Estudantes) e a U.B.E.S. (União Brasileira dos Estudantes Secundaristas). Agora é possível ter a versão online da carteirinha, o que antes era impossível, já que era possível ter apenas a versão física. A confecção custava no mínimo R$ 35,00 reais.

Isto fora os gastos com correio ou transporte para os estudantes que não moram nas capitais, onde normalmente ficavam as sedes da U.N.E ou U.B.E.S. O valor final da carteirinha chegava facilmente a R$ 50,00 ou R$ 60,00 reais, somando os custos de correio, transporte e taxas.

É importante salientar que o cadastro SEB, vai ter várias informações do aluno, como:

  • Frequência escolar do aluno
  • Notas
  • Data de nascimento
  • Histórico escolar
  • Série – modalidade de ensino
  • Nome da instituição de ensino


– Sugestão de vídeo explicativo, da TV Câmara do governo Federal.

Qual a base legal das mudanças?

As mudanças que aconteceram foram recentes, mas estão de acordo com a Medida Provisória nº 895, de 6 de Setembro de 2019.

Nesta medida provisória estão os detalhes sobre quem pode emitir a carteira estudantil a favor do estudante, o sistema educacional brasileiro (SEB) e também salienta que a carteirinha deve ser preferencialmente digital.

Quais as vantagens?

Algumas vantagens já deram para notar até aqui, tais como:

  • Economia
  • Praticidade
  • Facilidade

Mas, ter a carteirinha de estudante tem outras vantagens. Entre elas acesso facilitado a eventos culturais. Tais como meia entrada em cinemas, shows, entre outros.

Quem pode ter a carteirinha estudantil digital?

Os alunos de rede pública e particular que participem da educação básica, tecnológica e superior. Desde que esteja regularmente matriculado em algum dos cursos disponíveis, que a instituição seja aprovada pelo MEC e que tenha os alunos no banco de dados mais novo do governo, o SEB.

Para alunos maiores de 18 anos não há qualquer impedimento, eles mesmos podem proceder com o pedido e ter a carteirinha aprovada. Agora quanto aos alunos menores de 18 anos será necessário que um responsável solicite a carteirinha em nome do aluno, para que o menor usufrua do benefício.

Aplicativo ID Estudantil

O aplicativo ID estudantil foi lançado pelo Governo Federal para fornecer e dar acesso a carteirinha digital. Ele pode ser baixado pelo App Store ou Google Play.

Antes de solicitar a sua carteirinha de estudante digital, você deve baixar o app no seu celular. Basta buscar ID estudantil na loja apple ou googleplay, baixe e instala.

Como solicitar a carteirinha de estudante digital?

Para solicitar a carteirinha de estudante é muito simples, mas existem alguns detalhes. O primeiro é que sua escola deverá ter o cadastro no SEB, e depois baixar o aplicativo no smartphone. Os passos para solicitar a carteirinha de estudante digital são muito simples.

Passo a passo para solicitar carteirinha estudantil para MAIORES DE IDADE

1º Passo: Abra o aplicativo ID Estudantil

2º Passo: Fazer login tocando em “entrar com gov.br”

3º Passo: Informar CPF e senha na conta única do Governo

4º Passo: No aplicativo, toque em Adicionar.

5º Passo: Escolha a opção “Minha ID estudantil”

6º Passo: Aceite os Termos e Condições

7º Passo: Toque em “Tirar Fotografia” e faça a validação biométrica facial.

8º Passo: Tire duas fotos de seu RG: frente e verso

Neste momento sua foto será comparada a foto do RG, depois de feito isto, sua carteirinha estudantil já está pronta! De forma fácil, rápida e muito útil.

Passo a Passo para quem tem MENOS QUE 18 ANOS DE IDADE.

Vá até o passo 4 do item anterior, depois siga apartir do 5º passo aqui:

5º passo: Escolha a opção ID Estudantil – Dependente

6º passo: Aceite os termos e condições

7º passo: Tire uma selfie do responsável legal, ou foto do RG.

8º passo : Entre com o CPF do seu dependente e aceite os termos e condições.

Passo 9: Tire a foto do seu dependente.

Neste momento, se tudo estiver certo, a carteirinha de estudante será gerada com sucesso.

Como utilizar?

Para utilizar a carteirinha de estudante basta demonstrar a carteirinha na tela do aplicativo de celular, não é necessário imprimir ela. Nesta tela aparecerá um QR Code, que poderá ser lido pelo estabelecimento conveniado para então confirmar a veracidade do documento.

Funciona da mesma forma que a outra carteirinha, sua apresentação pode garantir meia entrada em eventos culturais e até descontos dependendo do estado ou convênio. Mas, possui a facilidade de ser gerada pela internet e sem nenhum custo para o estudante.

Na verdade, ela tem um custo de cerca de 15 centavos, que será custeado pelo contribuinte.No entanto, o valor é irrisório se comparado aos R$ 35,00 reais de taxa cobrados anteriormente.

Leia também: Como viajar de graça

Conclusão

Com estas medidas o governo está atualizando o sistema brasileiro de ensino e está deixando-o mais moderno e tecnológico. Esta medida também está de acordo com a política de estado mínimo do atual governo. Ter acesso aos benefícios garantidos aos estudantes agora está mais simples e acessível.

Para ter acesso aos benefícios baixe o aplicativo para Android, no Google Play. Ou então, o aplicativo para IOS na Apple Store.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *